Uma interpretação marxista do dinheiro e inflação para os (neo)clássicos, keynesianos e marxistas

Segue uma breve nota escrita sem o mesmo rigor acadêmico de um artigo, mas que tenta encontrar alguns faróis para iluminar o debate sobre a teoria monetária a partir de distintos paradigmas.

Espero que interesse e possa ajudar a pensar sobre o tema.

Acesse a nota aqui: Uma interpretação marxista do dinheiro e inflação para os (neo)clássicos, keynesianos e marxistas

 

1200px-karl_marx_001keynes-vs-friedman-xl