A economia brasileira recente à la Duménil e Lévy: um ensaio marxista

Posto aqui uma nota que faz uma interpretação da economia brasileira à luz da ideia de G. Duménil e D. Lévy sobre os arranjos sociais entre capitalistas, trabalhadores e gerentes. A nota se chama A economia brasileira recente à la Duménil e Lévy: um ensaio marxista.

A ideia nasceu na tentativa de interpretar as políticas heterodoxas de Dilma dentro de uma chave do compromisso entre as classes e do tipo de política econômica que se faz: as políticas heterodoxas foram a tentativa de uma política keynesiana dentro de uma realidade na qual os gerentes haviam sido capturados pelas finanças. Ao final interpretamos o ajuste fiscal, a redução do rating brasileiro pela S&P e o futuro.

Por se tratar de um artigo escrito por mero prazer, não existe o rigor teórico da Academia. Críticas e deslizes, me informem.

Anúncios

Uma resposta em “A economia brasileira recente à la Duménil e Lévy: um ensaio marxista

  1. Pingback: Uma abordagem marxista da economia brasileira recente | Economia, Política e Economia Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s