Carta a vida

 

Acordar e ver um sol bonito reluzente no mar, uma areia ainda fria deixada pela noite a e uma manhã ainda morna, prestes a aquecer-se com o calor vital da nossa estrela maior…

 De que precisamos para viver? Por que estamos aqui? Quem somos nós? Tudo fica tão claro com a visão dessa natureza selvagem, ainda que domada pela vida concreta das cidades onde o sol nasce entre armações artificiais criadas pelas mãos humanas. Vivemos nessa artificialidade vital. A vida enquanto natural não mais existe, e nem enquanto artificial; vivemos permeados pela sinergia da força das dicotomias. A maior delas é a Natural x Artificial. A essência e a existência são as linhas tênues das ambigüidades humanas. Somos ou estamos, entre outras questões… Segundo Jean Paul Sartre: “Não importa o que fizeram de mim, o que importa é o que eu faço com o que fizeram de mim”. Ao analisarmos o mundo partindo dessa visão sartriana de que o mundo é o qual foi colocado para que vivêssemos percebemos que a maior dessas dicotomias foi colocar o dinheiro como a força motriz da lógica social. O mundo gira em torno de um sistema político-administrativo capitalista. O mundo vive  uma engrenagem que se encaixa numa conjuntura explorativa, ou seja, para que alguns colham os louros do sistema, outros precisam ser explorados. Como podemos ser felizes sabendo que para essa tal felicidade geramos tristeza alheia? Depois de tentar analisar e encontrar respostas eu só achei mais perguntas. Percebi que o mundo não é justo, não se encaixa, não existe moderação nessa sociedade, não podemos “deixar estar”.  Cabe-nos, jovens, modificar a lógica mundana. Somos feitos para discordar e quebrar com tudo que existe. Viemos como produto de tudo que foi posto em prática até hoje, do que deu certo e, principalmente do que deu errado! Temos que abrir os olhos para analisar que não somos paulistas, nem brasileiros, muito menos homens – somos seres vivos engajados na lógica natural da vida. Somos “tão vida” quanto qualquer planta, qualquer pedra ou qualquer produto colocado para interagir no universo. Falta-nos perceber a universalidade da existência, todos têm as mesmas necessidades e deveriam ter as mesmas oportunidades. O mundo não foi feito para ser deixado como está; ele foi feito para ser modificado. A vida configura-se como a maior ferramenta colocada nas mãos dos homens para que possamos experimentar cada singularidade e seus efeitos no todo.

As perguntas… Sim, as perguntas são minhas motivações, mas a maior resposta é que quando vejo aquele cenário, percebo que estou no mundo para transformá-lo e lutar pelo melhor que existe, lutar pela vida e pelo ser humano!

7 respostas em “Carta a vida

  1. Concordo-em parte!Cabe aos jovens fazer a mudança,mas não acredito que o socialismo seja essa mudança,porque é o sistema que acha que os homens são todos iguais,mas eles não são.Os homens são diferentes um dos outros na maneira de agir,na maneira de pensar,do jeito em que esforçam…um exemplo claro disso são as diferentes culturas,o modo como os japoneses são muito mais estudiosos não está no sangue mas na cultura japonesa e que influência nas crenças dos moradores de determinada região;e dentro das próprias culturas também tem cabeças diferentes,como em toda religião tem o mais radical e o mais passivo..Ou seja o socialismo chega a ser injusto na forma como obriga todos a serem iguais sendo que na verdade as pessoas têm suas diferenças.O que precisa existir é um respeito a todos,ou seja respeito aos direitos de cada um,independente do pensamento da pessoa todos merecem educação ,saúde,moradia,alimentação e cultura…esse é o básico que o governo deveria oferecer a todos,mas sem impedir que aqueles que têm a garra para crescer o façam!O fato de que todos mereçam o básico n significa que todos devem ter só isso.O dinheiro não é o mal do mundo e sim a forma como ele é usado,o homem pode ser futil e ter seus momentos de prazer contanto que as necessidades básicas de cada um sejam supridas!
    é claro que o mundo é mais complexo do que minhas teorias ,mas também é mais complexo que o socialismo!
    Mas concordo plenamente com a ideia de que uma mudança é necessária e essa deve partir dos jovens!Admiro sua iniciativa de expor suas ideias que são interessantes!

  2. Isabela querida, dinheiro é o mal do mundo. Todas as guerras, toda a fome, toda a tristeza, todas as suas brigas com o seu pai e com o seu namorado, todo sequestro, todo assassinato, briga de família, caralho a 4, é tudo por causa de dinheiro, o mundo nao precisa de gente fútil que nem você, que assiste novela e BBB, mas quando vê um morto de fome na rua vira a cara. Vá tomar no cu você e o seu dinheiro que nunca vai te comprar felicidade, só a futilidade que você tanto valoriza.

  3. Socialismo não é a solução né.. bom é o capitalismo, com toda a sua desigualdade e injustiça..certo mesmo você querer ter o seu iphone e nike shox e fodam-se os outros, azar o deles que nao tem o dinheiro né..vai lá pagar 80 mango pra encher a cara na balada sua fútil

  4. zuzubalandia e alcides…o grande problema da sociedade, é que os homens não conseguem defender suas idéias, talvez isso aconteça porque eles não sabem de verdade o que elas significam, nem como possam dar certo. Se vocês admiram tanto o socialismo, mostrem porque ele é mais importante do que o capitalismo, ao invés de simplesmente ofender os defensores deste;mostrem também o que devemos fazer para alcança-lo, sendo que nem mesmo os grandes líderes da humanidade o fizeram…
    ofensas geralmente são uma forma de aliviar nossas frustrações pessoais, ou são a saída que encontramos para dizer alguma coisa, quando não sabemos sobre o que estamos falando…

  5. O que existe no caso de vocês é uma hipocrisia porque devem estar criticando as minhas ideias através de um notebook e provavelmente frequentaram escolas particulares..se vocês acreditam que esse é o mal do mundo quem são vocês para buscarem qualquer tipo de informação ou entretenimento em um computador enquanto muita gente passa fome?então sejam os primeiros a dar o exemplo de suas crenças.Eu gasto 80 reais na balada e compro o meu nike shox e admito isso porque eu não consegui o dinheiro que eu tenho roubando eu me esforcei pra ter a vida que eu tenho,é claro que eu tive muitas oportunidades que muitos não tiveram ..por exemplo o ensino,e eu acho que isso tem que mudar porque todos têm que ter as mesmas oportunidades mas eu n concordo que enquanto um colega meu estuda feito um condenado ,se esforça,batalha e o outro que não fez nada e sempre faz tudo nas coxas tenha uma condição de vida semelhante ao do outro;no socialismo aquele que lutou não tem chances de crescer.O fato de eu não acreditar que o socialismo é a melhor opção não quer dizer que eu seja a favor do capitalismo,que tem seus absurdos como a minoria que ocupa o poder controlando a maioria. O socialismo é uma ideia brilhante mas que não deu certo porque tem a teoria de que todos são iguais o que não é verdade,não que por suas diferenças os homens tenham que ser rebaixados ou serem mal tratados mas assim como os homens e mulheres tem prioridades e vontades diferentes(uma mulher não faz xixi em pé e não por ser melhor ou pior do que o homem,simplesmente por ser diferente) todos os seres humanos são assim um dos outros.É claro que isso é só uma opnião,ninguém disse que eu sou a dona da razão ainda porque com a vida vamos aprendendo e descobrindo coisas novas e nossas opiniões vão sendo elaboradas ou até destruídas,eu só considerado uma pena pessoas que acreditam em uma ideia bonita como o socialismo não estarem abertos para diferentes ideias e serem tão baixos com o diferente ,é a prova de que até vocês não estão assim tão certos de suas opiniões

  6. Pingback: Os números de 2010 « Panela de pressão das idéias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s